Bom ou bom??

Tudo bem?

Eu quero começar este post te agradecendo! De verdade, obrigada por estar aí do outro lado lendo este texto. 🙂 Você poderia estar fazendo outra coisa, mas está aqui agora, então por isso, obrigada! 🙂

Meu desejo é que você não apenas aprenda uma tonelada de conteúdo valioso que eu já aprendi na minha vida e que eu quero te passar, mas que você consiga colocar IMEDIATAMENTE em prática na sua vida.  Que tal? Bom né? Sim ou com certeza?

E sobre o que eu vou falar hoje??

Eu estou prestes a dividir com você o maior segredo de TODOS os coaches de sucesso. É o mesmo segredo que está me permitindo trilhar o caminho do sucesso. O segredo que me levou de coach insegura e iniciante, para uma coach de confiança total, com agenda lotada de clientes e fila de espera. Que tal? Bom ou bom?

Vou te falar quais são esses 3 divisores de água e COMO e QUANDO você pode aprendê-los para JÁ colocar em prática!! Na verdade você já pode aprender AMANHÃ MESMO!! Que tal?

Bom, como você sabe, hoje posso dizer que sou muito feliz em ter alcançado um patamar de vida e de trabalho que tanto desejei. Ainda estou no caminho, mas hoje sei que estou no caminho certo. Mas é claro que nem sempre foi assim. De fato eu comecei numa posição provavelmente até pior que muitos de vocês que estão lendo este email.

Eu queria muito ser uma coach de sucesso, ou ter bastante auto-confiança e segurança nos meus atendimentos. Mas no início isso não era fácil. Eu sofria para sair da minha zona de conforto, eu sofria para lutar com meus medos. Eu fiquei um ano atendendo de graça, por medo e insegurança de não conseguir cobrar. Eu até queria ter clientes pagantes, mas eu não tinha confiança suficiente em mim e no meu trabalho pra isso. E aí, ao invés de investir no meu planejamento, e estruturar meu business e minhas sessões, eu ficava fazendo um curso atrás do outro, achando que assim ia conseguir conquistar minha segurança e minha auto-confiança para ser uma coach de sucesso. Eu queria terceirizar meu auto-desenvolvimento, vê se pode! Acreditava que quanto mais cursos eu fizesse, mais pronta estaria, mais perfeita como coach eu seria. Acreditava mesmo que era os cursos que iriam me transformar, mas não achava que essa transformação poderia vir só de mim mesma, me tirando da zona de conforto. Vou repetir: zona de conforto! Eu não queria sair da zona de conforto, queria me desenvolver dentro dela.

Você já se sentiu assim?

Na verdade eu estava a um passo de desistir da carreira de coach. Principalmente porque meu marido na época e minha família ficavam me pressionando para eu mudar. Queriam que eu fizesse concurso público, e eu juro que quase fiz! Eles falavam pra mim o tempo todo: “Paula, quando você vai parar de brincar desse lance de coaching e começar a trabalhar de verdade?”

Olha… aquilo era muito duro pra mim. Eu realmente quase desisti.

Mas… um dia eu recebi um email. Isso foi há quase dois anos atrás. Foi um presente do universo, na verdade. Quando eu estava prestes a desistir… recebi um email de um coach, que eu já considerava um super instrutor, anunciando uma vaga para uma mentoria especial. Esse coach é o Bruno Juliani, fundador da Abracoaching, e foi por um ano o meu mentor. Ele me ensinou muita coisa, e eu vou te contar duas. Não uma, mas duas!

Quer dizer… pensando bem, talvez eu te conte isso num outro dia. O que você acha?

Brincadeira… vamos lá, vou te contar!
A primeira é que ele me fez entender que eu realmente só me desenvolveria saindo da minha zona de conforto. E ninguém poderia fazer isso por mim. Vou repetir: Ninguém.

Só assim eu teria a confiança para ter sucesso.

A segunda dica, senão a mais importante, foi a seguinte… Ele me falou: Paula, se você não está atingindo os resultados que você quer, e você me fala que está fazendo tudo o que sabe, então tudo o que isso significa é que há coisas que você não sabe ainda! Simples!


Mas por já ter feito tantos cursos de coaching e desenvolvimento, eu logo pensei “como assim?? Eu conheço basicamente TODAS as ferramentas de coaching que existem por aí!”

E então ele me falou o óbvio: Se você quer atingir resultados diferentes, você tem que fazer coisas diferentes! Você tem que entender que coaches ou pessoas de sucesso agem e pensam da mesma maneira.

Há dois anos atrás ele me perguntou o que eu queria. E eu disse, “eu quero me sentir uma coach de sucesso. Eu quero ter segurança no meu atendimento, eu quero ter confiança para cobrar um valor justo, eu quero ter a minha agenda lotada. E mais ainda, eu quero ter a minha própria academia de cursos e coaching.”

E então ele disse algo tão simples, tão óbvio que me chocou! Ele disse, se você quer ter sucesso, você tem que passar a prestar atenção em todos os coaches de sucesso.

O que eles tinham em comum?? O que eles faziam que eu não fazia?

E aí eu entendi que tudo é uma questão de aprendizado. Coaches de sucesso sabiam de coisas e faziam coisas que eu não fazia. Tudo o que eu precisava era mapear isso e começar a aplicar comigo mesma!

Então eu passei 6 meses, 6 MESES, observando e aprendendo o que os coaches e instrutores de coaching tinham em comum… e descobri 3 grandes segredos.

Mas são tão óbvios, tão simples, que eu mesma não acreditei.

Me responde por favor, quantos segredos??

  • Isso mesmo… 3. Um, dois, três!

E eu comecei a colocar os segredos em prática. Na verdade, eu já trabalhava com um sistema que me permitia aplicar facilmente esses segredos. E não deu outra! Como dizem lá no sul: BARBADA! Como 2 e 2 são 4, a matemática é simples. Foi como plantar e colher.

Então tudo o que eu posso falar pra você, é que ESSA ESTRATÉGIA REALMENTE FUNCIONA. Esses segredos realmente funcionam.

Tanto que de um ano, eu passei de coach iniciante, insegura do meu caminho ou de onde eu queria chegar, para uma instrutora de coaching de uma empresa sólida, com cursos online e presenciais em todo o país, e ainda na Europa! E com minha agenda cheia e fila de espera de 3 meses. Que tal??

O que aconteceu, é que assim que eu comecei a aplicar esses segredos no meu atendimento, os clientes adoravam a estrutura que eu usava, comentavam que nunca tinham visto isso antes, e me indicavam para outros clientes. E as pessoas que eu conheço, e outros coaches começaram a me perguntar o que eu fazia de diferente. E eu comecei a contar, e eles começaram a ter resultados também. E assim eu decidi que deveria finalmente montar minha própria academia focada nessa estrutura, para poder ensinar isso a outros coaches. E que outros colegas de profissão pudessem ter o mesmo resultado que eu. Que tal?

Eu achei o ouro. Digo sinceramente, encontrei o mapa do tesouro! Mas não quero ele só para mim. Então eu vou compartilhar com você esse mapa do tesouro! Que tal? Bom ou bom?? 😀

Então? Pronto para finalmente saber quais são esses 3 simples segredos?

Ok então. Vamos lá!

Bom, basicamente, na minha trajetória de coach eu passei por 3 grandes marcos:

Marco 1 – De ser totalmente iniciante e insegura na aplicação do coaching com os clientes, eu encontrei minha auto-confiança.

Marco 2 – De não ter uma estrutura bem feita e bem planejada dos meus atendimentos, eu passei a ter uma estrutura clara, muito bem planejada e, (sendo ágil) facilmente aplicada.

Marco 3 – De não ter o meu negócio de coaching bem estruturado, ou não enxergar ou encarar minha vida de coach como um NEGÓCIO, eu passei a ter um business bem estruturado, bem desenhado e modelado. Eu finalmente tinha um planejamento empresarial para seguir.

A combinação desses 3 marcos me transformou no que sou hoje. Uma coach auto confiante, com uma missão clara e com a certeza absoluta dos meus objetivos. Uma instrutora de coaching dona de uma academia que atua em todo o Brasil e na Europa, que em um ano já impactou a vida de mais de 2mil pessoas. Uma coach que cobra 6mil reais pelo atendimento e tem a agenda lotada com 3 meses de espera.

E você pode me falar… “Ah Paula, mas você teve a mentoria do Bruno Juliani, você esteve perto de pessoas de sucesso que te falaram o que fazer. Assim fica fácil”.

Eu te respondo, primeiro: Se fosse fácil todo mundo faria. Você já ouviu essa frase alguma vez antes?

E segundo: Não, mesmo com apoio de mentores não é fácil, mas também não é impossível!

Tenho algumas coisas para te dizer:

1- Se eu consigo, você também consegue.
2- Desistir e ter sucesso não combinam na mesma frase! Eu nunca conheci alguém de sucesso que desistiu! Então, por mais difícil que seja, NÃO DESISTA!

Então, de tantos comportamentos e ações dessas pessoas de sucesso que eu mapeei, essas 3 são as mais importantes, e têm todas o mesmo peso de importância. São os 3 grandes segredos.
Me responde: quão importante são essas 3 características?

MUITO! MUITO IMPORTANTES!

Por favor, preste atenção. Porque eu quero te dar o pulo! O pulo do gato fundamental.
Aqui está de novo:

Existem 3, somente 3 marcos para você alcançar o sucesso na nossa profissão.
(Quantos são? TRÊS!)

1º – Para ser um coach de sucesso e confiante, antes de tudo você precisa ser uma pessoa de sucesso e auto-confiante! Ué, se você não confia em si mesmo, vai esperar que os outros façam isso por você?? NÃO! Você precisa antes de tudo acreditar que SIM, você pode! E que no fundo você É uma pessoa de sucesso, que seu futuro É sim brilhante e que você é 100% capaz de alcançá-lo!

2º – Para ser um coach auto-confiante, você deve 1º estruturar muito bem o seu atendimento e o seu processo de coaching. Quando você sabe O QUE  vai perguntar, QUAIS ferramentas vai usar, e mais ainda, qual é o toque especial do seu atendimento, tudo fica muuuito mais fácil. E eu DUVIDO você continuar inseguro quando tiver o seu atendimento bem estruturado.

3º – Para ser um coach auto-confiante e ter sucesso, você deve enxergar e encarar sua profissão como um NEGÓCIO. O que isso quer dizer? Que você ter ter um PLANEJAMENTO muito bem feito. Dados do Sebrae são que 80% das empresas ou negócios quebram nos 2 primeiros anos por falta de planejamento. E por que que você acha que seu trabalho de coach é diferente? Se você é coach e não é contratado de nenhuma empresa, se você é um autônomo, você TEM QUE entender que você é um EMPREENDEDOR.

Qual é a palavra??

EMPREENDEDOR.

E o que isso quer dizer? Quer dizer que você tem que saber muito bem: 1- quem são seus clientes? 2-qual problema você resolve na vida deles? 3- onde eles te encontram? Como eles te encontram? 4- como você se comunica com eles? 5- você sabe se tem todos os recursos para ajudá-los? 6- quais atividades você vai precisar executar, e em quais você vai focar? 7- você precisa de ajuda ou de parceiros?

E o mais importante que você precisa saber: Como e o quanto você recebe por ajudar tanta gente? Quanto vale os resultados que você gera? Você sabe como as pessoas, ou os coaches de sucesso ganham dinheiro?? O dinheiro SEMPRE vêm de outras pessoas. Pessoas ganham dinheiro quando elas AJUDAM outras pessoas. Então… quanto mais pessoas você ajudar, mais dinheiro vai ganhar.

E quando eu falo do planejamento do seu negócio, eu falo do seu plano, do modelo do seu negócio. E também da sua estrutura de comunicação, vendas e marketing. Já essa última palavra é de extrema importância.

Você sabe qual é a palavra?? -> MARKETING.

O marketing engloba muitos pontos do seu planejamento. Basicamente todas as 9 áreas de um negócio envolvem marketing. De novo, qual é a palavra? MARKETING.

Mas nem tudo você vai aprender nesse post de hoje.

O RESTO VOCÊ APRENDE HOJE À NOITE NO WEBINÁRIO! CLICA AQUI!

Hoje foi só a primeira parte de um conteúdo muito mais profundo que eu tenho para te passar.

Fica ligado que nos próximos posts tem mais!

 

Um forte abraço e boas realizações!
Paula Quaiser
#istoécoaching